Confiança

Pessoas pessimistas sempre pensam no que pode acontecer de negativo.

Pessoas otimistas sempre pensam no que pode ser positivo. 

Existem duas maneiras diferentes de cuidar de si mesmo. 

Pessoas pessimistas confiam apenas que, se estiverem permanentemente na defensiva, permanentemente com a guarda levantada, sem relaxar, sem ceder ao prazer das coisas realizadas "no caso de se perderem", estarão em segurança.

As pessoas otimistas confiam que o “universo conspira para eles” e que a vida lhes trará oportunidades e ferramentas que os ajudarão a estar sempre seguros.

Os pessimistas acham que os otimistas são ingênuos e irresponsáveis.

Os otimistas pensam que os pessimistas são negativos e controladores.

Na realidade, trata-se apenas de duas formas de vida: os pessimistas que tentam escapar da morte que sempre está à espera, os otimistas apostando que a vida é para sempre.  

Enquanto a vida existe, o que nos sustenta é a confiança. A confiança em nós mesmos, a confiança no ambiente "confiável" - vale a redundância - que sabíamos como encontrar e criar. Confiança de que a própria vida nos traz as ferramentas para criar mais vida, fazê-la florescer e dar frutos e continuar além do nosso próprio tempo.

Compartilhar

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

pt_BRPT